7 de janeiro de 2017

Engenharia de Software

Sobre o curso
O principal objetivo do curso de Engenharia de Software é formar profissionais éticos e capazes de contribuir efetivamente com a produção e manutenção de software competitivo e de alta qualidade, a fim de produzir software com excelência, efetuar atividades de manutenção com habilidade, intervir positivamente em processos de software executados por empresas produtoras de software, conduzir empreendimentos de software complexos, ou seja, dominar o contexto de uma empresa produtora de software.
A titulação conferida é de BACHAREL EM ENGENHARIA DE SOFTWARE

Perfil profissional
O engenheiro de software deve possuir habilidades como raciocínio lógico e matemático bem desenvolvidas. Já que a área muda com muita rapidez, precisa ter gosto pela inovação e capacidade de se atualizar continuamente. Deve ter bom entrosamento para trabalhar em equipe e visão holística do mundo, da sociedade e de suas dinâmicas. O profissional deve ter organização e persistência, além de capacidade para enfrentar novos desafios e expandir as fronteiras do conhecimento na área. 

Mercado de trabalho
O Engenheiro de Software tem espaço em empresas de todos os tamanhos, públicas e privadas. Há grande procura por esses profissionais no mercado regional, estando assegurada a inserção do egresso no mercado de trabalho. Para isso, a instituição conta com convênios importantes com empresas interessadas nesse tipo de profissional. O mercado de trabalho pode ser autônomo até em grandes multinacionais.

Nesse perfil, os engenheiros de softwares têm mercado para o desenvolvimento de software em nível profissional, nos mais diversos ramos. Exemplos de atuação:

  • Desenvolvimento de bancos de dados;
  • Desenvolvimento de programas técnico-científicos;
  • Desenvolvimento de software para smartphones;
  • Desenvolvimento de software para sistemas eletrônicos embarcados;
  • Desenvolvimento de jogos e de programas educativos;
  • Desenvolvimento de sistemas de gerenciamento;
  • Desenvolvimento de sistemas de apoio à medicina;
  • Administração de empresas;
  • Ensino (médio e superior).